Adbox

giovedì 12 luglio 2012

Dilma l’ipocrita

pib_pequeno

8 giugno 2010: Dilma exalta PIB e Serra relembra crise. Em viagem a São José dos Campos (SP), Dilma comparou o crescimento brasileiro ao da China e previu uma alta do PIB entre 6,5% e 7% para este ano. “Nem na China (há um crescimento nesse nível)”, afirmou Dilma, em entrevista à rádio Planeta Diário.
3 febbraio 2012: A presidente Dilma Rousseff comemorou o crescimento da economia brasileira no ano passado e disse que o país tem condições de ter uma expansão sustentada em torno de 4,5 a 5 por cento.
21 febbraio 2011: A presidente da República, Dilma Rousseff, garantiu nesta segunda-feira, durante o 12º Fórum de Governadores do Nordeste, que criará condições para que a economia nordestina cresça a taxas superiores à do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.
14 settembre 2011: Dilma promete esforço para PIB atingir 4% em 2011.
Queste erano le notizia che si leggevano nei giornali fino a poco tempo fa. Ovviamente l’elenco sarebbe quasi infinito, io ho voluto solo farvi degli esempi.
Bene. Che cosa si legge invece oggi?
Dilma: "Uma nação não é medida só pelo PIB"

A presidente Dilma Rousseff negou que um grande país seja medido somente por riquezas econômicas. Diante de um público jovem, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira que uma grande nação deve ser medida não só pelas riquezas econômicas, mas também pelo que faz pelas crianças e adolescentes. “Uma grande nação tem que ser medida por aquilo que faz por suas crianças e adolescentes, e não pelo Produto Interno Bruto [que tem].”
Perchè questo repentino cambio d’opinione? Per il semplice fatto che il PIB brasiliano non è cresciuto come pensavano.

pibzinho_brasileiro_2012

Num dia de muitas notícias ruins sobre a economia global, o Brasil divulgou um dos piores crescimentos no primeiro trimestre de 2012, quando se compara com outros países. O avanço de apenas 0,2% no Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2012, ante o quarto trimestre de 2011, ficou acima somente do registrado nas problemáticas economias europeias, como Itália (-0,8%), Reino Unido (-0,3%), Espanha (-0,3%), Holanda (-0,2%), Portugal (-0,1%) e França (zero).
Na comparação com o primeiro trimestre de 2011, o Brasil teve o pior desempenho entre os Brics. A alta do PIB de 0,8% no primeiro trimestre em relação a igual período de 2011 ficou atrás do registrado por China (8,1%), Índia (5,3%), Rússia (4,9%) e África do Sul (2,1%).
Mesmo com a crise, alguns países desenvolvidos cresceram mais. A Alemanha teve avanço de 0,5% no primeiro trimestre ante o período imediatamente anterior, deixando o crescimento da União Europeia (UE) em zero. Os Estados Unidos cresceram no mesmo ritmo (0,5%) e o PIB do Japão avançou 1%.
Outros países emergentes também cresceram mais. O avanço do PIB na Coreia do Sul foi de 0,9% no primeiro trimestre, ante os três últimos meses de 2011. No Chile, a alta foi de 1,4% e, no México, de 1,3%.
O fraco desempenho brasileiro no primeiro trimestre se torna mais preocupante diante da situação cada vez pior no cenário global, citada por muitos analistas como uma das razões para a queda dos investimentos no Brasil. “Com esse ambiente externo extremamente complicado, a primeira reação é segurar investimento”, diz a economista
fonte: Blog do Onyx

Che certa gente sia ipocrita e falsa lo si può capire facilmente. Peccato (per il Brasile) che per alcuni Dilma sia considerata una delle artifici di questa grande “espansione” brasiliana.
Show comments
Hide comments

2 commenti:

  1. Non vado a commentare, solo inserisco un link al nostro SponHolz che con una sola immagine chiarisce tutto:

    CLICCA QUI

    RispondiElimina
  2. Stavo ripassando da queste parti e non ho resistito a darti altri due link:

    LINK1, LINK2

    RispondiElimina