Adbox

mercoledì 27 marzo 2013

Acorda Brasil!



Il viaggio di Dilma a Roma avvenuto il giorno 16 u.s. ancora adesso fa discutere. Le spese sostenute dalla Presidente e il suo seguito sono, giustamente, per alcuni, un assurdità che si poteva e si doveva evitare, specialmente in un Paese dove la crescita economica é stata tra le peggiori dell'America del Sud, dove problemi di infrastrutture hanno causato gravi danni nell'esportazione di materie prime e dove la maggior parte della gente vive con un salario minimo. Da notare il commento di Ucho.Info dove si legge "In qualsiasi paese minimamente serio e con una popolazione con il giusto livello di responsabilità, Dilma sarebbe atterrata in un aeroporto circondato da una grande e furiosa folla. Purtroppo, non vi è sta alcuna manifestazione, nemmeno dai quei rivoltosi che, finanziati con soldi pubblici, hanno fatto sommosse nella Commissione per i Diritti Umani della Camera dei Deputati."

Quando questo popolo aprirà gli occhi e si ribellerà a tutti questi governati che stanno solo prendendosi gioco di tutti noi?


Enquanto militantes ideologizados abdicavam de sua capacidade de discernir que um político torrar dinheiro do brasileiro à toa é algo errado na última semana, o jornal espanhol ABC escandalizou-se com a forma como a presidente Dilma Rouseff esbanjava dinheiro do trabalhador em Roma...
Todavia, o quanto Dilma torrou dinheiro do brasileiro chamou atenção mesmo da imprensa espanhola, acostumada com as malversações do rei Juan Carlos, famoso por ter ido caçar elefantes em Botsuana enquanto seu país tornava-se preocupação mundial por ser um dos mais afetados pela crise econômica...
Juan Carlos veio a público pedir desculpas por sua forma anti-ética de desperdiçar dinheiro tomado dos espanhóis (fato sem precedentes no Reino). Dilma, após uma desculpa tragicômica e com sabor de deboche emitida por Antônio Patriota, parece que vai optar pelo silêncio...
Dilma malgastou € 125.990,00 (R$ 324 mil) em viagem semi-turística a Roma a fim de conhecer o novo papa. Sendo não-católica, apenas visa amealhar o lucro eleitoral na próxima eleição (e com dinheiro até de quem desde já não pretende votar em sua reeleição). Até o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, por razões entre o Céu e a Terra mais insondáveis que nossa vã filosofia, foi a Roma ver o papa (não que haja muitas razões sondáveis para Mercadante ser ministro da Educação, claro)...
O valor informado pelo Itamaraty por si só é um descomunal absurdo, mas a conta que cabe aos brasileiros é ainda maior porque há o custo do deslocamento do avião presidencial. Considerando apenas os R$ 324 mil, o entourage palaciano conseguiu a proeza de torrar em uma saída para a missa o equivalente a 478 salários mínimos, montante que um reles trabalhador demoraria quarenta anos para conseguir....
Levando-se em conta que Dilma Rousseff descobriu a fórmula mágica de derrotar a miséria com R$ 80 mensais, o valor gasto em Roma seria suficiente para manter 38 pessoas, durante dez anos, longe da chamada linha da miséria extrema....
Em qualquer país minimamente sério e com um povo com doses rasas de responsabilidade, Dilma desembarcaria em um aeroporto cercado por extensa e raivosa multidão. Lamentavelmente, nenhuma manifestação há de acontecer, nem mesmo por parte dos baderneiros que, financiados com o dinheiro público, têm feito arruaças na Comissão De Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

Fonte: Implicante

Nessun commento:

Posta un commento